Rua Santa Clara

210 - Brás

Ligue agora

2799 0400

Fale conosco

contato@sodesp.com.br

CNH: Saiba como tirar e usar a Carteira de Habilitação Digital

Conheça a CNH Digital, versão virtual do documento que facilita o dia a dia e ainda reduz problemas relacionados à perda ou roubo!

A tecnologia, cada vez mais, se torna uma aliada no dia a dia das pessoas. Uma prova disso é a adoção dos documentos digitais, que chegaram para facilitar os processos e evitar problemas como perda ou roubo. Aliás, a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) também ganhou recentemente uma versão virtual. Desde fevereiro de 2018, Departamento Estadual de Trânsito (Detran) de todos os estados brasileiros passaram a disponibilizar a versão eletrônica da Carteira Nacional de Habilitação, a CNH-e.

O documento pode ser acessado diretamente de um aplicativo de celular e usado no lugar da versão impressa. Além disso, é possível apresentá-lo em qualquer estabelecimento comercial, como aeroportos e bancos. E atenção: trata-se de uma versão oficial, por isso todos devem aceitá-lo.

Com ela, o motorista pode acessar o documento e evitar multas, principalmente quando estiver sem a  CNH impressa. Apesar da emissão da carteira digital ter se tornado obrigatória em todo o país, a física continuará a ser emitida. Antes da obrigatoriedade, a maioria dos estados já oferecia o documento digital, com exceção da Bahia e do Pará.

No futuro, o motorista também poderá conferir, por meio do aplicativo, informações sobre campanhas de trânsito, pontuação de infrações cometidas e até mesmo ser avisado quando a CNH estiver perto de vencer.

Como muitas pessoas ainda têm dúvidas sobre como funciona a CNH-e, decidimos trazer respostas dos principais questionamentos sobre o assunto. Veja abaixo!

Quero ter uma CNH digital: como faço?

Primeiro, o motorista precisa fazer o cadastro no Portal de Serviços do Denatran. Depois, para confirmar os dados e provar que é, de fato, o usuário cadastrado, é só ir a um posto do Detran. Quando os dados forem confirmados, basta solicitar um código de ativação para a versão eletrônica do documento, que será enviado por e-mail. Quem tem o certificado digital (uma assinatura eletrônica com a mesma validade da assinatura física) consegue fazer todo o processo pela internet.

Quando todas essas etapas forem concluídas, é só baixar o aplicativo da CNH digital, que está disponível tanto para o sistema Android ou iOS, fazer o login com a senha do portal e digitar o código de ativação. É importante lembrar que se você não utilizá-lo em até 48 horas, é necessário solicitar a geração de um novo código. Por último, cadastre uma senha e pronto. Assim, você já pode usar a Carteira de Motorista digital.

CNH sem QR Code

Como a CNH Digital só pode ser solicitada por motoristas que emitiram suas carteiras a partir do mês de maio de 2017, quem tirou a habilitação antes não tem QR Code. Por isso, precisa pedir uma segunda via do documento. Se esse é o seu caso, não se preocupe, pois esse processo não é muito complicado. Aliás, basta ir até o Detran do seu estado solicitar uma nova cópia (que custa R$ 42,42) e atualizar seu número de celular e e-mail. Uma vez que a nova CNH é impressa, é só seguir o passo a passo para fazer a autenticação.

Funções do aplicativo

Além de visualizar sua Carteira de Motorista e o QR Code, também dá para exportar e compartilhar o arquivo da CNH (frente e verso) por e-mail ou WhatsApp, por exempl. Assim, é possível utilizá-la em qualquer situação que exija um documento autenticado. Esse é o primeiro documento de identificação civil com representação digital válido em todos os estados do Brasil.

Perdi meu telefone: e agora?

Como as informações do condutor estão protegidas por um sistema criptográfico, o Ministério das Cidades garante que não há risco de acesso às informações do aplicativo.  Mas, uma vez que o motorista perca seu smartphone, é importante bloquear o aparelho para impedir o uso de sua conta e o acesso ao seu documento. Para isso, basta acessar o portal de serviços do Denatran e solicitar o bloqueio. Se a pessoa não tiver o certificado digital, a solicitação do bloqueio não poderá ser feita remotamente. Dessa forma, será preciso comparecer a algum posto do Detran.

Quanto custa para emitir a CNH eletrônica?

De acordo com o Denatran, cabe a cada estado decidir se cobrará ou não pela emissão do documento. Entretanto, quem quiser solicitar a versão digital sem comparecer a um Detran, precisa ter um certificado digital. Aliás, ele é emitido por empresas especializadas que exigem pagamento de uma assinatura anual.

Meu pacote de dados acabou! O que eu faço?

Uma das maiores preocupações quando se fala em um documento digital, certamente, é ficar sem internet e não conseguir acessá-lo quando for preciso. Não se preocupe, pois você só precisa estar conectado no primeiro acesso. Depois, a CNH Digital fica disponível offline.

Tecnologia ajuda a identificar motoristas fora da lei

Um crime muito cometido por motoristas em todo o Brasil é dirigir com a CNH suspensa. Segundo informações do Detran, só em São Paulo, cerca de 554 mil condutores perderam o direito de dirigir em 2017. Aliás, todos deveriam ter devolvido o documento ao órgão, mas 35% deles não cumpriram o que determina a legislação.

Com a CNH digital, os agentes de trânsito conseguem identificar os condutores com carta suspensa, cassada ou vencida. E não adianta tentar burlar o app, pois assim que o agente de trânsito ler o QR Code da CNH-e, já consegue identificar a situação do documento. Tudo isso sem precisar acessar a internet.

E aí, pronta(o) para tirar a sua CNH Digital? É uma boa ter a versão virtual, uma vez que a tecnologia está sempre a favor da praticidade! Nas eleições, por exemplo, o que não falta é opção de ferramentas e sites para ajudar na  sua decisão! Então, aproveite para ler a reportagem sobre como identificar fake news nessa época tão importante.

Fonte: Vivotech